quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Brasília encerra Press Trip da Copa das Confederações

Jornalistas de sete países conheceram o Estádio Nacional e os pontos turísticos da cidade
Os vinte e dois jornalistas e nove fotógrafos convidados pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) para conhecer as cidades que sediarão a Copa das Confederações, em 2013, passaram por Brasília nesta quarta-feira (12). A comitiva, acompanhada por cinco representantes do Governo Federal, três assessores de imprensa e três representantes da FIFA, exploraram os locais de realização dos jogos e algumas opções de turismo. A Capital Federal foi responsável pelo encerramento da Press Trip.
 
A visita teve como intuito mostrar de perto para os profissionais da imprensa internacional a estrutura que a cidade tem preparado para sediar os grandes eventos esportivos nos próximos anos. Brasília fará a abertura do mundial, em junho do próximo ano. Participaram representantes da Alemanha, Japão, Rússia, Espanha, Inglaterra, França e Estados Unidos.
 
Logo pela manhã, o grupo se reuniu com a ministra do Planejamento, Organização e Gestão, Miriam Belchior, com o presidente da Embratur, Flávio Dino, e com o secretário-executivo do
Esporte, Luis Fernandes, em entrevista coletiva.
 
Em seguida, o grupo de estrangeiros seguiu para o Estádio Nacional de Brasília para conheceu as instalações da arena que já está com mais de 80% das obras concluídas. O governador Agnelo Queiroz, o secretário de Turismo, Luis Otávio Neves, o secretário Extraordinário da Copa 2014 (DF), Claudio Monteiro, e a secretária de Comunicação Social, Samanta Sallum acompanharam a visita e destacaram a importância da presença desses profissionais na cidade.
 
“A imprensa é parte fundamental do sucesso desses eventos. Temos muito respeito e queremos nos aproximar desses que levarão o nome de nossa cidade para o público final. O projeto foi um sucesso e fechamos com chave de ouro. Tenho certeza que os convidados levarão as melhores lembranças possíveis do país.”, disse Luis Otávio Neves.
 
A ação é uma iniciativa é uma parceria da Embratur com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Ministério do Esporte, FIFA e o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, com o apoio do governo dos estados.

Brasília finaliza a 1ª Reunião de Cidades-Sede da Copa do Mundo sobre planos de mobilidade urbana

Representantes das sedes do Mundial e da Copa das Confederações discutiram soluções e estratégias a serem executadas durante os eventos
Operações de trânsito, sinalização e transporte que serão realizadas durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014 em cada cidade-sede foram os temas centrais da 1ª Reunião de Cidades-Sede, realizada em 11 e 12 de dezembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Organizado pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria Extraordinária da Copa de 2014, e com apoio do Comitê Organizador Local (COL), o evento teve entre os temas debatidos as operações e sinalizações de trânsito, transporte coletivo, sistema multimodal, tudo para facilitar o deslocamento dos torcedores e visitantes durante os grandes eventos esportivos.

O coordenador da Secretaria Extraordinária da Copa em Brasília, Sérgio Graça, recepcionou os visitantes no primeiro dia do evento e ressaltou a importância do plano de mobilidade para as cidades. “Pensar as questões de mobilidade urbana é mais um compromisso que o país tem para realizar uma ótima Copa do Mundo. Esta é uma chance única de mostrarmos ao mundo que somos capazes e competentes”, destacou o coordenador.

Representantes de seis cidades-sede – Brasília, Porto Alegre, Recife, Salvador, Fortaleza e Manaus – apresentaram seus planos de mobilidade urbana para o Mundial.

De acordo com Grace Gomes, coordenadora de mobilidade urbana de Salvador para a Copa do Mundo, a reunião atingiu sua meta, que é a troca de experiências entre as cidades-sede, e garantiu debate aberto em busca de soluções para os desafios dos planos de mobilidade que cada uma delas está elaborando.
“O ponto principal dessa reunião foi a integração que as cidades-sede tiveram. Essa sinergia surgiu justamente da necessidade em resolver problemas comuns que nós, representantes, detectamos durante o encontro. Esse já é um grande legado da Copa”, considerou Grace Gomes.

Brasília sediará a abertura da Copa das Confederações, em 15 de junho de 2013, e sete jogos da Copa do Mundo de 2014.

Durante a Copa do Mundo, a capital federal contará com linhas específicas para o deslocamento até os locais dos eventos. Os visitantes e a população de todas as regiões administrativas do Distrito Federal poderão, assim, participar da festa.

“Esse plano contempla não apenas o período da Copa do Mundo e da Copa das Confederações, mas também leva em consideração o depois e vai credenciar o DF a receber novos eventos. Ele vai trazer desenvolvimento econômico e social e beneficiar a população”, finalizou o secretário-adjunto de Transporte do DF, Luiz Messina.

sábado, 16 de outubro de 2010

Copa do Mundo de 2014 no Brasil deve começar numa sexta-feira 13

A Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, deverá ter sua abertura marcada para uma sexta-feira 13, que, no credo popular, simboliza algo que comissão organizadora, governo e os brasileiros querem longe do evento: o azar.

A informação ainda não é oficial, porém é exibida no site Football Media Services (FMS), empresa que detém os direitos de transmissão da principal competição do futebol mundial.

No calendário de eventos comercializados pela FMS, a Copa do Mundo de 2014 está marcada para ser disputada de 13 de junho, que cairá em uma sexta-feira, até 13 de julho, será um domingo.

Outra grande competição organizada no Brasil teve sua disputa iniciada também em uma sexta-feira 13: os Jogos Pan-americanos de 2007. O evento, que foi alvo de muitas críticas pelo seu elevado custo e falhas na organização, promoveu sua cerimônia de abertura no dia 13 de julho, que caiu justamente em uma sexta-feira do ano de 2007.

sábado, 31 de julho de 2010

Centro interligará a segurança das cidades da Copa do Mundo de 2014

O governo federal definiu nesta sexta-feira que um centro de comando e controle será responsável pela segurança da Copa do Mundo-2014. O órgão será parceria do Ministério da Justiça com Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e polícias militar e civil das 12 cidades-sedes.

O centro de comando definirá os procedimentos de segurança a serem adotados na Copa. O órgão irá ‘interligar’’ as 12 cidades, para que todos os jogos tenham um efetivo de policiais com os mesmos equipamento e estrutura.
‘O Brasil já tem uma polícia com estrutura para fazer um evento da Copa. Faltava esse centro de comando, para que as polícias das cidades se comuniquem’’, disse Alexandre Aragon, secretário nacional substituto de Segurança Pública e membro da comissão que planeja a segurança do Mundial.

A sede será em Brasília, e cada cidade da Copa deverá construir uma estrutura para abrigar os policiais. O governo pretende gastar R$ 1,6 bilhão com equipamento e treinamento dos policiais para a segurança do evento.
Em contrapartida, os Estados deverão oferecer efetivo policial e estrutura para comportar o esquema a ser definido pelo governo federal.
Loading...